Missão Técnica do GCONCI na Espanha - Parte l

 

O Grupo de Consultores em Citros - GCONCI em seu programa Pré-Congresso,

 participou de Missão Técnica na citricultura da Espanha, logo após visitas à citricultura de Portugal. As principais regiões visitadas foram as de Murcia e Valencia, na zona Mediterrânea da Espanha.

A citricultura da Espanha é desenvolvida principalmente com o objetivo de produzir frutas frescas para o mercado da comunidade europeia. O clima do mediterrâneo que predomina no sul da Espanha é muito favorável à produção de frutas com excelente qualidade interna e externa, ou seja, sabor e coloração. A citricultura espanhola tem uma área de 300 mil hectares, entre; laranjas, tangerinas e limões verdadeiros, e a região de Murcia tem de 8 a 10 mil hectares de citros, sendo nesta ultima 50% limão verdadeiro e o restante tangerinas e laranjas.
 
As visitas realizadas em Murcia foram organizadas pelo Engenheiro Agrônomo da Cheminova Alfonso Cano Maldonado. Nesta região o Grupo visitou uma propriedade de citros no município de Cuevas de Almanzora a qual se destaca pela alta tecnologia e manejo adequado para a obtenção de alta produtividade e excelente qualidade de frutas. O relevo muito acidentado foi aplainado antes da instalação dos pomares e, seu solo é de textura arenosa, com cascalho e silte e pH alto. Os pomares são irrigados por gotejamento, sendo a umidade do solo controlada por sondas. A fertirrigação por sistema computadorizado o qual permite a injeção de diferentes soluções nutritivas nos diferentes talhões dos pomares. O que chama a atenção é a origem da água utilizada no sistema, que chega a participar com 40% do custo total de produção. A água é transportada de regiões distantes, tais como; o norte do País e as montanhas nevadas de Granada. 
 
A recepção ao Grupo em Cartagena foi feita pela Distribuidora de Agroquímicos, a maior revenda do País. Seus representantes acompanharam o GCONCI em todas as visitas técnicas nesta importante região, considerada ******a horta da Europa******. Logo após ter havido maior disponibilização de água na década de 70, a região teve um grande desenvolvimento na produção de frutas e verduras. Algumas das visitas que mais nos impressionaram foram pequenas propriedades, irrigadas, e protegidas por tela; com o objetivo de se obter produção mais precoce e maior qualidade das frutas. Nestes pomares adota-se a mais alta tecnologia em produção de citros disponível na Espanha.
 
Em seguida o Grupo visitará viveiros e pomares na região de Valencia, onde também irá acontecer o Congresso Internacional de Citricultura 2012.
 
Os consultores do GCONCI participaram de Missão Técnica em Portugal e Espanha, a qual foi organizada pelos consultores Reinaldo D. Corte e Amauri T. Peratelli.
 
Visão geral do pomar em Murcia
 
 
 GCONCI em visita a pomares espanhóis.
 
Implantação de pomar
 
 

 


Voltar