International Citrus Congress (ICC 2016) 18 - 23 September, 2016 - Foz do Iguaçu, PR, Brazil

International Citrus Congress – 2016

 

Foz do Iguaçu sediará de 18 a 23 de setembro  o "International Citrus Congress (ICC 2016)", o mais importante evento de citricultura no mundo.  O ICC terá sua programação baseada no tema “Citricultura sustentável: o papel do conhecimento aplicado” e são esperados 1.200 participantes de mais de 20 países.

 

O Congresso Internacional de Citricultura (ICC 2016) é um evento da Sociedade Internacional de Citricultura (SIC). A organização desta edição será feita por duas instituições tradicionais de pesquisas em agricultura, ciência e tecnologia no Brasil: o Instituto Agronômico (IAC), a partir do seu Centro de Citricultura Sylvio Moreira e pelo Instituto do Agronômico do Paraná (IAPAR).

 

Estão previstas para a semana do congresso uma série de palestras, mesas redondas e sessões plenárias com assuntos atuais definidos pelo interesse dos participantes dos últimos eventos. Além disso, eventos paralelos e excursões técnicas também estão sendo organizados.

 

O evento acontece há 43 anos em vários países e passou a ser feito a cada quatro anos como uma reunião mundial. É a segunda vez que o Brasil sedia este evento. O primeiro foi em 1984, na cidade de São Paulo.

Os últimos congressos foram nos Estados Unidos (2000), Marrocos (2004), China (2008) e Espanha (2012).

  

Desde o anúncio da escolha de Foz do Iguaçu como sede, os organizadores passaram a se preocupar em trazer os melhores especialistas do setor para o evento.

Eduardo F. Carlos, pesquisador do IAPAR e um dos organizadores, explica o processo de seleção:

 

"Enquanto discutíamos vários detalhes do evento, eu, o Dirceu e o Helvécio começamos a dissecar as áreas que deveriam ser contempladas na atual conjuntura da citricultura mundial. Se por um lado pensamos nas demandas prementes e óbvias, por outro foi natural a conexão feita de imediato entre alguns nomes e assuntos, como Gmitter e genética, Quaggio e nutrição, Albrigo e fisiologia, e vários outros. Foi tudo muito natural! E acreditamos que teremos conosco realmente os expoentes mundiais para cada assunto tratado."




 

Palestrantes

 

E os palestrantes selecionados representam a pesquisa, a política e a gestão e vão discutir os ultimos resultados de pesquisas e inovações em vários temas da citricultura:

 

-Alexandra Heinermann - SGF – Alemanha

 

-Ali Fares - Prairie View A&M University – Estados Unidos

 

-Bryce W. Falk - Univ. of California – Estados Unidos

 

-Carlos Henrique de Brito Cruz - FAPESP – Fundação de pesquisa - Brasil

-Fred Gmitter - Univ Florida – Estados Unidos

 

-Jose Antonio Quaggio – Instituto Agronômico (IAC) – Brasil

 

-José R. P. Parra - ESALQ / USP – Brasil

 

-Leandro Peña - Fundecitrus - Brazil / IBMCP - Espanha

 

 

Citricultura no Brasil

 

Distribuídos de norte a sul do Brasil, laranjas, tangerinas e limas ácidas representam cerca de 50% do total de frutos produzidos no país, ficando a frente de banana, abacaxi, uva, maçã e outros. Com uma área de 650.000 ha, grande parte no estado de São Paulo, podemos encontrar diferentes sistemas de produção, o que garante ao Brasil a sua participação no mercado mundial de suco de laranja. Da produção total no Brasil, cerca de 15% vai para o mercado de produtos frescos.

 

A Citricultura é uma das principais atividades econômicas mundiais envolvendo a produção nas fazendas, o processamento e o beneficiamento de frutas e toda a logística de distribuição e venda de produtos em todo o mundo. Em toda esta cadeia de produção e comércio, milhões de consumidores de frutas cítricas e de sucos que buscam produtos de alta qualidade nutricional. Para abastecer todo o mercado existem milhares de agricultores nos cinco continentes e diversas empresas que atuam em atividades como suprimentos agrícolas, defensivos, biotecnologia, máquinas, agricultura de precisão, navegação, transporte, armazenamento, seguros, marketing, distribuição e vários outros. Para atingir esse mercado o mundo produziu 131 milhões de toneladas de frutas cítricas em 2012, provenientes de 146 países, de acordo com a FAO.

  

A citricultura demanda aprimoramento constante, maior produtividade e melhora na qualidade dos produtos. É o que explica o pesquisador do IAC, Dirceu Mattos:

 

“A pesquisa científica é o ponto central dos debates nos congressos e não faltarão desafios para a citricultura nos próximos anos.”

 

Informações Gerais

 

Comissão Organizadora Executiva :

 

Presidente: Dirceu Mattos Jr.  (IAC)

Co-presidente: Eduardo Fermino Carlos (IAPAR)

Tesoureiro: José Pereira da Silva (IAPAR)

 

International Citrus Congress -  ICC 2016

18 a 23 de setembro

Mabu Thermas & Resort

Foz do Iguaçu - Brasil

 site: www.icc2016.com

 

F&B Eventos

(43) 3025-5223

Londrina, PR, Brazil

email para contato: icc2016@fbeventos.com



 

Seja bem vindo e esteja conosco em Setembro!

 

 


Voltar