Antonio Juliano Ayres é homenageado pelo GCONCI com o Prêmio - Hall da Fama da Citricultura Brasileira, em 2017

 

Crédito: GCONCI
Crédito: Henrique Santos

 

Pelo 21º ano consecutivo o GCONCI – Grupo de Consultores em Citros realizará a entrega do ’Prêmio GCONCI 2017 – Hall da Fama da Citricultura Brasileira’, e, mais uma vez, homenageia um profissional que dedica à vida e contribui de forma relevante para o crescimento da Citricultura Brasileira.

O GCONCI tem o privilégio de homenagear o Sr. Antonio Juliano Ayres, Gerente Geral do Fundecitrus. Uma personalidade do segmento citrícola por seus esforços na busca da sustentabilidade da citricultura brasileira. 


Juliano Ayres, como é mais conhecido, trabalha no Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) desde agosto de 1997, como Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento, com atuação na gestão e coordenação dos trabalhos de pesquisa focado no manejo e controle das doenças e pragas dos citros no Estado de São Paulo. A partir de março de 2014, assumiu a Gerência Geral, tendo função diretiva nas atividades de Pesquisa e Desenvolvimento, Pesquisa de Estimativa Safra, Transferência de Tecnologia, Comunicação, Mestrado profissionalizante, Área Administrativa e Financeira, respondendo hierearquicamente ao Conselho Deliberativo e Presidência do Fundecitrus.


Nascido em São José do Rio Preto, Juliano se formou em Agronomia na Universidade de São Paulo – FCAV/Unesp Jaboticabal em 1987. Posteriormente, cursou Mestrado em Citricultura pela Universidade Politécnica de Valência e Instituto Valenciano de Investigações Agrária, na Espanha, e Mestrado em Horticultura na Universidade de São Paulo - FCAV/Unesp Jaboticabal, assim como cursou MBA em Gestão de Negócios pela Cegente/São José do Rio Preto (2005). 


Iniciou a carreira no segmento privado em 1989, quando trabalhou na Edsall Goves Service, empresa prestadora de serviços aos citricultores da Flórida. Além disso, foi engenheiro de desenvolvimento e coordenador técnico da Citrosuco entre 1989 e 1997, fazendo a ligação entre pesquisa e transferência de tecnologia e citricultores e consultores. 


A partir de 2017, Juliano Ayres integra a galeria dos grandes nomes da citricultura do Brasil no Hall da Fama da Citricultura Brasileira.

Créditos: Troféu Premio - (GCONCI) e Antonio Juliano Ayres  - (Henrique Santos)


Voltar